terça-feira, 5 de junho de 2018

De volta ao trabalho

Foram os 30 dias mais bem aproveitado de todas as férias que já tive.
Atualmente o clima na empresa em que trabalho tem estado péssimo, aumentaram a carga horária, trabalhamos ao sábados, não existe mais hora extra, ou seja, está tudo ruim para o lado do trabalhador. O ambiente é pesado, eu não tenho vontade nenhuma de voltar, mas é preciso. O desemprego tá ai, nem é preciso ligar a televisão pois tenho certeza que você conhece alguém que está desempregado. Enfim, estou procurando outra coisa mas enquanto não vem, vou vivendo um dia após o outro. Muito ruim viver assim e sem querer ser mal agradecida: Obrigada Deus por me permitir está empregada atualmente. Vida que segue .

quinta-feira, 15 de março de 2018

Marielle Franco

Deus!!!
Como começar esse texto? Não sei se apenas desabafo, se xingo ou pontuo o que está errado por aqui. 
Tá muito difícil viver, tá muito difícil sair de casa, tá muito difícil conviver.
Já a conhecia por ser vereadora mas nunca procurei saber as causas que ela defendia, fico extramente triste por descobrir tão tarde e da pior maneira a Guerreira que Marielle foi. Obrigada pela sua existência, obrigada por ter lutado por mim (mulher negra e da favela que sou), obrigada por me representar. Sou o que sou porque você é, descanse em paz.
Sinto muito por tudo que está acontecendo no meu Rio de Janeiro. 

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Trabalho escravo!

Estou p* da vida!
Aumentaram minha carga horária no trabalho, terei que ir aos sábados e tiraram os intervalos. 
Gente, puta que pariu! Passamos por uma crise de 2 anos na empresa, recebendo 50% do salário no mês, comemos o pão que o diabo amassou com a promessa de que ao passar a crise, seriamos recompensados por isso. E adivinhe o que aconteceu? Demitiram um monte de gente e quem ficou ( como eu) teve que aceitar as mudanças repentinas das nossas rotinas de trabalho. Pra ter uma noção desde 2013 meu horário de trabalho era de 7h à 13h e agora sou obrigada a trabalhar de 7:30 Às 16:30, claro que teve aumento de trabalho mas pela lei como sou digitadora eu teria que trabalhar 6 horas diárias e isso não incluía os sábados. Enfim, tenho mil coisas pra falar, muito do que reclamar mas sei que não vai adiantar muito. Sei que tenho que agradecer a Deus por pelo menos ter um emprego mas como não sou de ferro, faz parte desabafar.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Todo mês de Janeiro.

Vocês já repararam que janeiro é um mês que sempre acontece alguma tragédia?
Não estou falando só dessas que são noticiadas na TV, tem sempre algo que acontece com algum conhecido também. Desse ano estou me referindo ao atropelamento de 18 pessoas que aconteceu na praia de Copacabana, infelizmente um bebê de 8 meses faleceu. Não tem como não se emocionar quando passa na tv a mãe aos prantos dando entrevista, que tristeza. Espero que esse rapaz que cometeu o crime seja punido. O mundo está muito doente!
Pra completar ainda tem essa tal de febre amarela, oremos.